Justiça proíbe festa pré-eleição em chácara de candidato a prefeito

A realização de uma reunião em uma chácara com oferecimento de bebida e comida por um candidato à prefeitura abre a possibilidade de pedido de votos e configura potencial propaganda irregular e abuso do poder econômico ou do poder político.

Com esse entendimento, o juiz Cezar Ferrari, da 183ª Zona Eleitoral de Campo Mourão (PR), concedeu pedido liminar e proibiu a realização de evento por um candidato. A festa teria ocorrido no último sábado, uma semana antes das eleições municipais. Confira o destaque no Conjur.